BLOG
RSS
Ruth Rocha - Liberdade e Transgressão
2017/03/18 18:53:22

Ruth Rocha lança caixa com quatro livros infantis, em coautoria com o artista Otávio Roth

Escritora publica dois textos inéditos na coleção 'Coisinhas à Toa Que Deixam a Gente Feliz'.
 

Ruth Rocha tem muito da personalidade de Emília, criada pelo autor que ela nunca deixou de ler, Monteiro Lobato. Considera-se, assim como a boneca de pano, uma transgressora e libertária.

Aos 86 anos, a autora de Marcelo, Marmelo, Martelo, que voltou a figurar em lista dos mais vendidos, lança uma caixa com quatro livros, em coautoria com o artista plástico Otávio Roth (1952-1993). Coisinhas à Toa Que Deixam a Gente Feliz terá sessão de autógrafos neste sábado, dia 18, a partir das 14 horas, na Livraria da Vila da Fradique Coutinho.

 

Foto: Amanda Perobelli
Ruth Rocha

Escritora Ruth Rocha tem mais de 200 títulos em catálogo, e 30 milhões de livros vendidos 

               Resultado de imagem para icone google mais         

Fonte:http://cultura.estadao.com.br/noticias/literatura,ruth-rocha-lanca-caixa-com-quatro-livros-infantis-em-coautoria-com-o-artista-otavio-roth,70001704409

Uma ótima maneira de interagir com a física!
2017/03/18 18:43:08

“Show de Física” instiga estudantes e desperta encanto pela ciência

Há quase três décadas, o espetáculo de experimentos e demonstrações é apresentado no Instituto de Física
O clima de suspense e curiosidade se assemelha ao de um show de mágica – e, em muitos momentos, quase não dá mesmo para acreditar que o que se passa na sua frente é realidade. Mas o Show de Física é apenas ciência, só que em sua forma mais lúdica e interativa.
https://youtu.be/uLK-sidRrGA

“Show de Física” instiga estudantes e desperta encanto pela ciência

Há quase três décadas, o espetáculo de experimentos e demonstrações é apresentado no Instituto de Física

Por  - Editorias: Extensão
Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

O clima de suspense e curiosidade se assemelha ao de um show de mágica – e, em muitos momentos, quase não dá mesmo para acreditar que o que se passa na sua frente é realidade. Mas o Show de Física é apenas ciência, só que em sua forma mais lúdica e interativa.

 

Criado pelo professor do Instituto de Física (IF) da USP, Fuad Daher Saad, o Show de Física promove apresentações diárias que ajudam alunos a entender eletricidade, óptica, ondas mecânicas e sonoras, termodinâmica e outros tópicos da física. Para isso, interatividade é a palavra-chave, já que os estudantes não ficam apenas assistindo, mas protagonizam os experimentos. “Sem essa participação, o show não existe”, afirma o idealizador do projeto.

Show de Física é gratuito e acontece de segunda a sexta-feira, com sessões às 9 e às 14 horas. O Instituto de Física fica na Travessa R da Rua do Matão, número 187, na Cidade Universitária, em São Paulo. Visitas podem ser agendadas pelo telefone (11) 3091 6642.

Mais informações: site http://web.if.usp.br/showdefisica/
F
onte: Jornal da USP

               Resultado de imagem para icone google mais         

Tire o tablet de seu filho e dê-lhe um instrumento musical
2017/03/18 15:01:25

TIRE O TABLET de SEU FILHO E DÊ-LHE UM INSTRUMENTO MUSICAL

O conselho é dado por Álvaro Bilbao, neuropsicólogo espanhol, autor do livro «El cerebro del niño explicado a los padres», que garante que as aulas de música estimulam a memória e a inteligência.

Muitos pais, para calar os filhos e/ou para os manter sossegados, não hesita em dar-lhes um tablet ou um smartphone para as mãos. Nada de mais errado, a fazer fé nas últimas descobertas! Álvaro Bilbao, neuropsicólogo espanhol, autor do livro «El cerebro del niño explicado a los padres», «O cérebro da criança explicado aos pais» em tradução literal, diz que, se querem ter filhos (mais) inteligentes, têm de lhes tirar o iPad e dar-lhes um instrumento musical para as mãos.

De acordo com este especialista, citado pela edição online do jornal El País, as aulas de música estimulam a capacidade de raciocínio das crianças, mais do que a tecnologia. Segundo um estudo publicado na revista Psiquiatría Molecular, 50% da inteligência é determinada pelos genes mas os restantes 50% dependem dos estímulos que os mais pequenos recebem. «Sem os pais, o potencial intelectual da criança não se desenvolve», assegura Álvaro Bilbao.

 

 

 

«A chave do desenvolvimento potencial do cérebro da criança está na sua relação com os pais. Ainda que a genética tenha um peso importante, sem essa presença não se materializará», assegura o especialista. «Uma criança pode ter potencial genético para atingir 1,90 metros mas, se os pais não o alimentarem bem, nunca chegará lá», exemplifica o neuropsicólogo, que garante que os seis primeiros anos de vida são primordiais no processo.

Além de reforçar condutas positivas e de brincar mais com os filhos, «no chão, se for caso disso», como recomenda Álvaro Bilbao, os pais devem promover a socialização em detrimento do isolamento, o que implica desligar a televisão à mesa, além de incentivar a criança a fazer desporto e a experimentar atividades. «A criança deve sentir que tem uns pais que se preocupam com ela», defende também o pediatra Maximino Fernández Pérez.

O que sugerem as últimas investigações internacionais

Estas são algumas das estratégias que os estudos e os especialistas defendem:

- Estudar música

Um estudo da Universidade de Toronto, publicado na revista Psychological Science, relacionou o desenvolvimento cognitivo com a aprendizagem de música. Durante um ano, três grupos de crianças de seis anos estudaram, separadamente, canto, piano e expressão dramática. Os que aprenderam música revelaram padrões de inteligência maiores no final.

- Não ver televisão

Há uns anos, estavam na moda os filmes de desenhos animados em DVD que aliavam figuras desenhadas à música clássica de compositores como Mozart e Beethoven. Muitos especialistas afirmavam que estimulavam a inteligência de bebés e crianças, uma teoria que muitos estudos internacionais desmentiram. A Associação Americana de Pediatria diz mesmo que as crianças com menos de dois anos não devem ver televisão.

- Evitar os programa de desenvolvimento cerebral

 

Nos últimos anos, surgiram muitos jogos eletrónicos e aplicações móveis que asseguram que treinam o cérebro e estimulam a memória. A verdade é que não existe qualquer base científica que o comprove.

fonte: http://lifestyle.sapo.pt/familia/pais-e-filhos/artigos/tire-o-tablet-ao-seu-filho-e-de-lhe-um-instrumento-musical

Paulo Freire Algumas frases inspiradoras
2017/03/03 15:39:19

"Educação não transforma o mundo. Educação muda as pessoas. Pessoas transformam o mundo."

Paulo Freire
Ninguém ignora tudo. Ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa. Todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre.

Onde quer que haja mulheres e homens,há sempre o que fazer, há sempre o que ensinar, há sempre o que aprender.

Paulo Freire

Gosto de ser gente porque, inacabado, sei que sou um ser condicionado mas, consciente do inacabamento, sei que posso ir mais além dele.

Paulo Freire


"Não há saber mais ou saber menos: Há saberes diferentes."

Paulo Freire


Gosto de ser gente porque, inacabado, sei que sou um ser condicionado mas, consciente do inacabamento, sei que posso ir mais além dele. Esta é a diferença profunda entre o ser condicionado e o ser determinado.

Paulo Freire

               Resultado de imagem para icone google mais         
4 Total de ítens



TEL: 3022-2263 3022-2264
Basile Estudo Orientado - Aulas ParticularesAULAS PARTICULARES VESTIBULAR VESTIBULINHO ESTUDO ORIENTADOREDAÇÃOORIENTAÇÃO PROFISSIONALCOACHING PSICOPEDAGÓGICO E EDUCACIONALDEPOIMENTOS DE PAIS E ALUNOSPSICOPEDAGOGIADICAS e ARTIGOSBLOGALUGUEL DE SALAS