FUVEST
RSS
 Notícias relacionadas ao vestibular da FUVEST.
Obras em formato digital dos livros da Fuvest. Textos e vídeos sobre as obras na BBM- Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin
2017/11/23 18:14:41

Textos introdutórios sobre as obras selecionadas para a FUVEST e vídeo- aulas ministradas por grandes especialistas.

No vídeo "A Cidade e as Serras" leia e assista a professora de português e literatura da Basile Estudo Orientdo - Aulas Particulares: Estefânia de Francis Lopes. É de autoria de Estefânia também o texto sobre a obra Mayombe, do escritor angolano Pepetela.

BBM no vestibular está alicerçado na convicção de que a Universidade de São Paulo deve estreitar seus laços com a sociedade, permitindo que as barreiras existentes entre o grande público e o universo científico e acadêmico seja suprimido. A Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin – BBM/USP preservou um acervo único sobre a história e a literatura brasileira que deve estar efetivamente disponível para a sociedade. A possibilidade de disponibilizar parte do acervo, das obras em domínio público, por meio digital, é uma oportunidade única de atingir um público muito além do espaço físico da universidade. Assim, o projeto BBM no vestibular disponibiliza aos vestibulandos textos introdutórios sobre as obras selecionadas para a FUVEST, assim como vídeos-aulas ministradas por grandes especialistas, tornando-se assim, instrumento para fomentar o interesse de novos leitores.

Autores

Aluísio Azevedo

Carlos Drummond de Andrade

Eça de Queirós

Graciliano Ramos

Helena Morley

João Guimarães Rosa

José de Alencar

Machado de Assis

Pepetela

 

Leia e assista no link da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin

https://www.bbm.usp.br/livros-vestibular

Imperdível para quem está prestando o vestibular da FUVEST!

FAZER UMA BOA REDAÇÃO ENVOLVE MÚLTIPLOS ASPECTOS
2017/04/29 15:05:21

FAZER UMA BOA REDAÇÃO ENVOLVE MÚLTIPLOS ASPECTOS  

Para uma boa elaboração textual, preste atenção em todos esses elementos:

- Fique atento ao tema proposto e ao estilo de redação proposto que pode ser:

Não fuja do tema e procure tratá-lo de forma abrangente e impessoal.

- Usar a norma culta.

Não usar gírias e abreviações.

- Exponha suas ideias de forma organizada e bem estruturada! Se tiver dificuldade, peça ajuda até incorporar o processo e ficar apto a fazer isso sozinho!

- Para escrever bem é necessário ler, estar por dentro dos assuntos da atualidade, ter informações sobre o mundo, conhecer um pouco de arte, ir ao cinema, visitar exposições, a fim de possuir conteúdo e argumentos para colocar e debater.

- Também é necessário praticar muito!

Escrever à mão e ter alguém para analisar a estrutura linguística e corrigir seus erros gramaticais, ortográficos e de concordância é muito útil e eficaz para que você progrida e escreva cada vez melhor!

Maria Tereza Gomes Basile psicopedagoga

Diretora da Basile Estudo Orientado – Aulas Particulares

Estilos de redação

 

Dissertação
Na dissertação, o assunto deve ser debatido e discutido criticamente tendo como base opiniões fundamentadas. Pela regra, o texto dissertativo é estruturado em introdução, desenvolvimento e conclusão, formato que permite ao estudante expor o tema, defender seu ponto de vista através de argumentos e elaborar um desfecho persuasivo do assunto. Nessa modalidade, verbos e pronomes em primeira pessoa, bem como períodos longos, são substituídos por termos impessoais e objetivos, mais comuns na terceira pessoa do singular, e frases curtas. Gírias, termos coloquiais e gerúndio também devem ser evitados. 

 

Narração
No texto narrativo, a problemática deve ser apresentada em formato de história, com detalhamento dos personagens envolvidos e do tempo e espaço onde é deflagrado o episódio. Basicamente estruturado por verbos de ação e advérbios de tempo e lugar, esse estilo também conta com introdução, desenvolvimento e conclusão, acrescido de conflito e clímax. Geralmente, são utilizados verbos e pronomes em primeira e terceira pessoa. Além disso, nesse gênero, o estudante tem mais liberdade para usar a imaginação e abusar da função emotiva e poética.   

https://t.dynad.net/pc/?dc=5550003218;ord=1493487180909

Descrição
De forma geral, descrição consiste na ação ou efeito de enumerar as partes essenciais de um ser. Isso significa que o texto descritivo deve ser constituído por um relato minucioso, representado pelos cinco sentidos (visão, tato, paladar, olfato e audição) e fidedigno à imagem real do animal, pessoa, ideia ou objeto tratado. Normalmente, ele é dividido em objetivo, quando a descrição é precisa, e subjetivo, quando permite mais de uma interpretação do leitor. Verbos de ligação, como ser e estar, são muito utilizados nesta modalidade, assim como adjetivos. 

 

Carta 
Normalmente apresentada de forma descontraída, no caso de contatos pessoais, ou com formalidade, em circunstâncias de reivindicações, por exemplo, a carta argumentativa é a modalidade mais cobrada nos vestibulares. Estruturada em cabeçalho (local e data), saudação (vocativo inicial), corpo do texto e assinatura, a redação em carta deve apresentar o ponto de vista do autor em seu início, meio e fim. Como é endereçada a alguém, a carta também conta com uma linguagem específica. Palavras em primeira pessoa, vocativos e verbos no imperativo são utilizados com frequência nesta modalidade. 

 

Estilo Jornalístico
Nos casos de textos escritos em linguagem jornalística, a objetividade, clareza e impessoalidade predominam. Os principais dados, como o que, quem, quando, onde, como e por que, devem ser informados já no primeiro parágrafo, mais conhecido como lead. Em notícias e reportagens, prevalece o caráter informativo do texto, enquanto em editoriais e artigos, a opinião do autor é sustentada por argumentos. Voz ativa, frases curtas e palavras simples são usadas com frequência nesta modalidade. Por outro lado, artigos indefinidos e pronomes possessivos e demonstrativos devem ser evitados. 

 

Resenha

Uma resenha é um texto em forma de síntese que expressa a opinião do autor sobre um determinado fato cultural, que pode ser um livro, um filme, peças teatrais, exposições, shows etc. 

 

Comentário
Geralmente, as universidades cobram a produção de comentários em situações que envolvem ambientes virtuais, como um fórum de discussão, por exemplo. Nesse gênero textual, os estudantes possuem mais autonomia na escrita, contudo, o texto deve ter um propósito, fundamentado nos elementos fornecidos pelo material de apoio e em argumentos. A linguagem deve ser clara, sintética, coloquial e principalmente adaptada ao meio eletrônico, se este for o ambiente apresentado. Neste caso, o caráter dissertativo é substituído pela função opinativa.  

               Resultado de imagem para icone google mais         


Segunda fase Fuvest 2017, terceiro dia de prova.
2017/01/11 18:11:16

O terceiro dia da segunda fase do vestibular da Fuvest 2017 trouxe uma prova difícil e com conteúdos modernos, uma prova "criativa", hoje ( 10/01/2017).

Neste dia, o candidato teve que resolver 12 questões de duas ou três disciplinas (entre Matemática, física, química, biologia, geografia e história), a depender da carreira escolhida para o vestibular.

Veja no link abaixo a prova do 3º dia da 2ª fase da Fuvest 2017:
http://media.folha.uol.com.br/…/01/10/fuv2016-2fase-dia3.pdf


Terceiro dia de Fuvest 2017 trouxe prova difícil e moderna aos candidatos

  Moacyr Lopes Junior - 10.jan.16/Folhapress  
Candidatos fazem prova da segunda fase da Fuvest
Candidatos fazem prova da segunda fase da Fuvest
PUBLICIDADE

O terceiro dia da segunda fase do vestibular da Fuvest 2017 trouxe uma prova difícil e com conteúdos modernos, nesta terça-feira (10).

Neste dia, o candidato teve que resolver 12 questões de duas ou três disciplinas (entre Matemática, física, química, biologia, geografia e história), a depender da carreira escolhida para o vestibular.

Veja aqui a prova do 3º dia da 2ª fase da Fuvest 2017

De acordo com Paulo Moraes, diretor de ensino do Anglo, provas voltadas às disciplinas da área do candidato tendem a ser muito específicas e restritas ao conteúdo clássico. No entanto, este ano, a Fuvest apresentou uma prova moderna e criativa.

"A prova de biologia, por exemplo, exigiu conteúdo de uma biologia do século 21, com temas contemporâneos", disse.

Vera Lucia Antunes, do Objetivo, também elogiou uma formulação moderna das perguntas. "Em uma bela questão de história, o candidato teve que comparar as muralhas nas cidades da Antiguidade e as muralhas na cidade moderna".

Edmilson Motta, coordenador geral do colégio Etapa, comenta ainda que a prova trouxe enunciados diretos e curtos, o que facilita a compreensão pelo candidato da pergunta. "Isso não significa necessariamente um conteúdo mais fácil. Mas facilita a compreensão".

A prova teve índice de abstenção de 9,2%. No ano passado, no terceiro dia de provas, o número foi ligeiramente menor: 9%.

APROVADOS

A primeira lista de aprovados no vestibular será divulgada às 10h no dia 2 de fevereiro no site da Fuvest. A matrícula será em duas etapas: não presencial, apenas no site da Fuvest, nos dias 6 e 7 de fevereiro de 2017, e presencial (obrigatória) nos dias 13 e 14 de fevereiro.

As demais chamadas aconteceram nos dias 9, 17 e 23 de fevereiro (segunda, terceira e quarta lista, respectivamente) e nos dias 6 e 10 de março (quinta e sexta chamadas, respectivamente).

Depois desse período, a Fuvest divulga o número de vagas não preenchidas e lista de candidatos habilitados para participar da primeira etapa de mudança do curso, apenas pela internet, nos dias 15 e 16 de março de 2017. A sétima e oitava listas serão divulgadas nos dias 22 e 24 de março, respectivamente. 

Fonte:http://www1.folha.uol.com.br/educacao/2017/01/1848726-terceiro-dia-de-fuvest-2017-trouxe-prova-dificil-e-moderna-aos-candidatos.shtml
 

Redação da Fuvest tem conceito de Kant como tema. Candidatos tinham que elaborar um texto argumentativo para responder se o homem atual saiu da menoridade e atingiu a maioridade
2017/01/08 17:13:58

Redação da Fuvest tem conceito de Kant como tema

Candidatos tinham que elaborar um texto argumentativo para responder se o homem atual saiu da menoridade e atingiu a maioridade

Isabela Palhares , 
O Estado de S.Paulo

08 Janeiro 2017 | 16h09

O tema da redação da segunda fase da Fuvest, que começou neste domingo, 9, foi sobre a menoridade, conceito do filósofo Immanuel Kant. Os candidatos tinham que elaborar um texto argumentativo para responder se o homem atual saiu da menoridade e atingiu a maioridade.

A prova trazia como textos de apoio explicações sobre o conceito e o contexto histórico em que foi elaborado por Kant. Segundo o filósofo, a menoridade é a incapacidade do homem de fazer uso de seu entendimento sem ser direcionado por outro indivíduo. A saída desse estado só é possível pelo esclarecimento. 

 

Foto: Felipe Rau/Estadão
Fuvest

Redação da Fuvest explorou o conceito de menoridade, do filósofo Immanuel Kant

 

Para o estudante Julian Navarro, de 18 anos,  apesar de tratar de um conceito complexo, a redação não estava difícil. "Tive filosofia no colégio e é um assunto que gosto e tenho facilidade. Achei um tema bastante pertinente com o contexto sócio econômico brasileiro", disse o candidato, que tenta uma vaga em Economia.

Linniker Gardim, de 19 anos, também disse ter gostado do tema da redação. "Eles formularam a pergunta de uma forma que não deixava o alunose perder ou fugir do tema. Eu falei sobre como o homem é hoje influenciado peloa meios de comunicação e a educação de má qualidade no país", disse o estudante que disputa uma vaga no curso de Saúde Pública. 

Além da redação,  os candidatos também fizeram neste domingo a prova de português com 10 questões. 

FUVEST 2017
2017/01/08 17:04:30

Português deve ser maior desafio de candidatos na Fuvest

Levantamento mostra que mesmo nas carreiras mais concorridas o desempenho mais fraco na 2ª fase, que começa domingo, é no 1º dia

Isabela Palhares , 
O Estado de S. Paulo

05 Janeiro 2017 | 03h00

 

Foto: MARCIO FERNANDES/ESTADAO
Português deve ser maior desafio de candidatos na Fuvest

Peculiar. ‘A Fuvest tem formato muito específico’, diz Luiz

 

SÃO PAULO - No primeiro dia da segunda fase da Fuvest, quando são feitas a prova de Português e a redação, os candidatos aos cursos mais concorridos da Universidade de São Paulo (USP) têm menor desempenho. Um levantamento do cursinho Poliedro mostrou que os estudantes têm notas maiores nos outros dois dias da etapa final do vestibular, apesar de o primeiro dia corresponder a quase um terço do peso da nota final. 

De acordo com o levantamento, para as carreiras de Direito, Engenharia na Escola Politécnica, Medicina, Administração e Arquitetura, a prova de Português tem peso de 19% na nota final e a redação, 13%. Na segunda etapa, todas as questões são dissertativas. No primeiro dia, Português e redação. No segundo dia, caem questões de todas as disciplinas e, no terceiro dia, apenas questões ligadas à carreira escolhida. Em cada um dos dias, as provas valem 100 pontos, totalizando 300 como nota máxima no final. 

O levantamento mostrou que em Medicina, por exemplo, há 7 edições os candidatos têm menor nota no primeiro dia. No ano passado, por exemplo, a média foi de 73 pontos. Enquanto no segundo dia, a média foi de 77,8 e, no terceiro, 90,6. Para professores de cursinho, o baixo desempenho se deve, principalmente, à dificuldade dos alunos em fazer a redação e por priorizarem as demais disciplinas em detrimento de português. 

Vinicius Haidar, coordenador do cursinho Poliedro, disse que os alunos negligenciam o Português e perdem a oportunidade de se destacar e sair à frente dos demais concorrentes. "O aluno acredita que Português é só ler e interpretar, mas a prova da Fuvest é muito bem elaborada e criteriosa, cobra conteúdo e a capacidade de fazer relações e análises". Ele também disse que muitos alunos não leem todos os 9 livros obrigatórios da Fuvest e são prejudicados. 

Eduardo Valladares, gerente pedagógico e professor de português do Descomplica, plataforma de educação online, afirmou que a Fuvest traz uma prova exigente e que cobra conteúdos de diversas áreas da disciplina. "É uma prova muito completa e que tem uma cobrança que se distancia do que é estudado nas escolas medianas e fracas".

Valladares disse que uma revisão importante antes do início da segunda fase deve ser feita em três áreas: gramatical, funções sintáticas e literatura. Na primeira, para um amplo conhecimento das classes gramaticais. Na segunda, para o domínio de conteúdos como vozes verbais, tipos de discurso, funções da linguagem e fenômenos linguísticos. Já em literatura, conhecer e saber identificar as escolas literárias e relacioná-las com a  parte estilística e conseguir fazer conexões com os livros obrigatórios. 

 

Veja os 10 cursos mais concorridos da Fuvest 2017

 
 

11

 

 

Redação. Simone Motta, professora do colégio Etapa, disse que a redação da Fuvest tem um formato clássico e cobra que o aluno faça uma dissertação argumentativa. O vestibular se distancia dos demais por, tradicionalmente, cobrar temas subjetivos na redação - na edição anterior o tema foi "utopias: indispensáveis, inúteis ou nocivas", um ano antes havia sido o fenômeno da "camarotização" e da desagregação social.  

"A redação nunca é muito fácil, pois demanda conhecimentos de diversos extratos da vida do aluno. Ele tem que ter repertório cultural, histórico, deve dominar os instrumentos para um bom texto e ter boa organização mental para apresentar todo seu conhecimento de forma coerente. Com um tema subjetivo é ainda mais difícil", disse Simone.  

Ela disse, no entanto, que a prova tem uma preocupação em "orientar" o aluno sobre o tema da redação. "Os textos da coletânea são sempre bem explicativos e esclarecedores para o aluno. Há uma preocupação em exigir uma reflexão do aluno, não em fazer pegadinhas com ele", disse. 

Todos os professores são unânimes em dizer que a melhor forma de o aluno se preparar para essa última etapa é fazer as provas da segunda fase de ao menos 4 anos anteriores cronometrando o tempo. Segundo eles, o aluno precisa estar treinado e saber quanto tempo demora para fazer a redação e as demais provas e, assim, montar a melhor estratégia. Eles também disseram que o aluno precisa se preparar para as respostas dissertativas, que exigem não apenas o conhecimento do conteúdo, mas a habilidade de escrita.

É o que tem feito Luiz Eduardo Gomes Farias Filho, de 20 anos. Desde que soube que tinha passado para a segunda fase na disputa de uma vaga para Medicina, ele começou a fazer as provas dos anos anteriores. "A Fuvest é muito peculiar, tem um formato muito específico. Além de dominar o conteúdo, é preciso saber como ela cobra, o que ela espera do aluno e como administrar o tempo", disse o jovem que é de Recife, mas veio para São Paulo estudar no cursinho do Etapa. 

Em cada matéria. De acordo com Marcelo Dias, coordenador-geral do Curso Etapa, as provas de Geografia e História costumam exigir que o aluno contextualize assuntos atuais usando conceitos geográficos e eventos em períodos históricos. Em Química, segundo Dias, a prova tem predomínio de questões que cobram conceitos de físico-química e cálculo estequiométrico. Em Física, a prova sempre traz questões de mecânica, eletricidade, termodinâmica e eletromagnetismo.

Em Biologia, a prova utiliza gráficos e tabelas e exige interpretação de fenômenos. Já em Matemática as questões passam por geometria plana, espacial e analítica, logaritmo e exponenciais, combinatória, probabilidade e trigonometria. Dias ressalta a importância de prestar atenção aos enunciados. 

APOSTAS PARA O TEMA DA REDAÇÃO

Superação Pessoal

Pode surgir relacionado aos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, com o desempenho e preparação dos atletas.

Atuação política e humanitária

Pode ser relacionado à crise mundial dos refugiados e políticas adotadas por vários países.

Envelhecimento

Atenta a temas atuais, a Fuvest pode aproveitar a reforma da Previdência para abordar o envelhecimento da população. 
fonte: :http://educacao.estadao.com.br/noticias/geral,portugues-deve-ser-maior-desafio-de-candidatos-na-fuvest,10000098184

5 Total de ítens

<< [[Components/Common_:_backToHome]]



TEL: 3022-2263 3022-2264
Basile Estudo Orientado - Aulas ParticularesAULAS PARTICULARES VESTIBULAR VESTIBULINHO ESTUDO ORIENTADOREDAÇÃOORIENTAÇÃO PROFISSIONALCOACHING PSICOPEDAGÓGICO E EDUCACIONALDEPOIMENTOS DE PAIS E ALUNOSPSICOPEDAGOGIADICAS e ARTIGOSBLOGALUGUEL DE SALAS